quarta-feira, 14 de julho de 2010

Mendigo




Desorientado

indo sem sentido
pisando no perigo

Mendigo nas ruas
seguindo perdido

Sozinho na aglomeração
amargura e desolação

Não possui família
só um pouco de bebida
e uma triste cina

Nas esquinas sua vida ele perde
pouco a pouco
já está quase morto
grita como um louco

Se deita no lixo
tacam-lhe fogo
se levanta e anda
seu corpo arde todo


Cai morto
junto de enorme
sofrimento e sufoco


MonoTeLha

2 comentários:

  1. é Telha... a triste sina dos pobres re negados e esquecidos.

    ResponderExcluir
  2. é Telha... a triste sina dos pobres re negados e esquecidos.

    ResponderExcluir